sábado, 28 de dezembro de 2013

TOP 5: Postagens de 2013

Em 2013 mostramos várias matérias que inspiraram muitos em suas criações, algumas delas se destacaram e vieram parar aqui no nosso Top 5 de 2013. 

5. Indian linha 2013

Uma dos lançamentos mais aguardados de 2013 não só por sua tradição mais pela expectativa de uma grande moto capaz de atrair o mais apaixonado dos Harleyros.


Outro grande lançamento que também movimentou o cenário também veio de outra grande montadora americana, a Harley Davidson Street de 500cc e 750cc promete ser a moto popular da marca.


 Os carros também tem vez nesta seleção, este sem dúvidas apareceria em qualquer seleção pois chama atenção não só pela cor mais pela cavalaria sob o capô.

2. CBR 1800RR

Pelo nome da nossa página a ideia que se tem é que as esportivas são carta fora do baralho, ok! não mostramos muita coisa sobre este estilo! mas nesta postagem a coisa foi bem diferente pois é uma fusão de dois grandes modelos da Honda a superbike CBR 1000RR e a enorme Gold Wing 1800.

1. Honda CB450 "tribute Japan" 1966

As belas Cafe-Racer's também marcaram presença em 2013! Esta CB foi uma das mais vistas aqui no blog, também pudera, venceu vários concursos de customização pelo mundo e foi uma das finalistas do mundial de custom bike.






sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

INTERNATIONAL CUSTOMBIKE CHAMPIONSHIP 2013


Best Bobber – Harley-Davidson FL – Arno Kruth (Deutschland)
 Best Cafe Racer – Benelli 654 Sport – Vincenzo Ciancio (Italien)
 Best Chopper – Indian-Redneck-XXL – Lars Sundberg (Schweden)
 Best Engineering – Twintrax Eigenbau mit 2 Motoren – Christoph Madaus (Deutschland)
 Best Metric Bike – Honda VT 600 Shadow – Enrico Arnold (Deutschland)
 Best of Show – Harley-Davidson FXS Low Rider – Pete Pearson (England)
 Best Oldschool – Triumph T120 R – Frank Dilbakowski (Deutschland)
 Best Paint – H-D Softail-VG-Trike – Andreas Friedrich (Deutschland)
 Best Power Cruiser – Harley-Davidson V-Rod – Carsten Rudolph (Deutschland)
 Best Radical – Real Steel Eigenbau – Hans Bozzies (Niederlande)
 Best Streetfighter – Honda Pan European – Nádas Csaba (Ungarn)
 Craziest Bike – Honda Goldwing – Tomasz Pawlos (Polen)
 Editors Choice – Husqvarna 1668 – Lars Sundberg (Schweden)

 Rookie of the Year – Harley-Davidson Shovelhead – Fynn C. Grabke (Deutschland)

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

CEROL NÃO!

Mais uma vez fica o alerta para Motociclistas e até mesmo pedestres, infelizmente as estatísticas relacionadas a acidentes envolvendo linha de cerol aumentam a cada ano.

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Indian Big Chief Custom 2014

       Após a grande repercussão sobre a nova linha Indian a Polaris (proprietária da marca Indian) surpreendeu a todos durante o New York International Motorcycle Show apresentando o primeiro modelo completamente personalizado da marca.
      Trata-se de uma vitrine de acessórios genuínos da marca Indian oferecendo uma infinita possibilidade de personalização. A Indian Big Chief Custom foi criada por uma equipe de design da Polaris Industries, neste projeto algo que chama atenção ao primeiro olhar é a suspensão dianteira construída a partir de vigas com uma única mola em um sistema de ligação entre dois pilares, todo o movimento da suspensão está localizado entre os garfos triplos acima da roda de 23 polegadas recordando os primeiros modelos da centenária Indian.
     A pintura personalizada aplicada por um membro da equipe é um tema de cor multi inspirado pelas gerações anteriores das motocicletas americanas.
     Do catálogo de acessórios genuínos da marca vieram as tampas da primária, manoplas cromadas, guidão, ponteira tipo rabo de peixe entre outros...
A Big Chef Custom será parte da exibição da Indian em todo o restante da turnê internacional de 2014.
 


sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

COM DESTINO BR: Cabo Frio-RJ

Referência quando o assunto é a Região dos Lagos, Cabo Frio capricha no visual e na infraestrutura. Além do mar cristalino e das dunas de areia branquinha, a maioria das praias da  cidade oferece confortáveis quiosques para atender ao público cativo: famílias com filhos adolescentes. Na alta temporada, a turma toma conta da extensa praia do Forte, repleta ainda de bares e restaurantes e cenário da bonita queima de fogos na passagem do ano. 

      A concorrida praia, que começa no Forte São Mateus, estende-se até os picos preferidos dos surfistas, como as praias do Foguete e das Dunas - esta última, com montes que chegam a 30 metros. As pranchas marcam presença também nas praias do outro lado do Canal do Itajuru, como Brava, frequentada também pelos naturistas, e Peró.

 O esporte, aliás, é reverenciado até mesmo fora d´água - no Museu do Surf, o primeiro do país e o maior da América Latina sobre o tema, há exposição de centenas de pranchas, troféus, fotos e vídeos. Cabo Frio é generosa também com os adeptos do iatismo - os ventos são fortíssimos por lá - e do mergulho, que encontram rica vida marinha nas ilhas Comprida e do Papagaio. 
Quando o assunto é noite e gastronomia, todos os caminhos levam ao Boulevard Canal, um calçadão repleto de bares e restaurantes. Entre eles estão o estrelado Picolino, um dos mais tradicionais da cidade e famoso pelo couvert. 

Também a Avenida do Contorno, onde fica a Creperia Chez Michou - eterno ponto de encontro da garotada, sempre há movimento . Para as boas compras, basta atravessar a ponte. Na  Rua dos Biquínis, mais de 70 lojas oferecem roupas de banho e acessórios produzidos na cidade. Além da qualidade, os preços em conta garantem o movimento em qualquer estação.


Onde Comer:

Tapera Bistrô: Bar/Restaurante com um excelente vinho e pratos de excelente qualidade. Largo San Benedito, Passagem. 
Restaurante do Zé: A picanha é o carro-chefe no concorrido restaurante.
 Endereço: Travessa Nações Unidas, 33. Tel:(22) 2643-4277



quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

A lenda do sino guardião




Durante muitos anos, motociclistas experientes tem protegido suas motocicletas com o Sino Guardião que, diz a lenda, tem o poder de aprisionar os maus espíritos que vagueiam pelas estradas, responsáveis pela má sorte nas viagens. Na verdade, parte da boa sorte e proteção que o mesmo traz esta na atitude sincera de quem presenteia um amigo, pois não se deve comprar o sino, mas sim ganhar.



Vale a inscrição: "Nunca pilote mais rápido do que o seu anjo pode voar."

 


 Na época em que os Estados Unidos ainda era terra indígena, varias carruagens foram assaltadas queimadas por índios siux/navajos  mas, uma em especial sempre passava, e andava em todos os territórios sem serem molestadas, quer seja território de um ou outro povo, ao contrario que a historia de colonização dos EUA conta, que os índios eram assassinos cruéis etc.... na realidade eram povos lutando pela sobrevivência, e são povos altamente espiritualizados respeitadores da natureza e tudo que nela esta envolto, e sempre que eles iam caçar, ou adentrar em regiões, pediam proteção para os deuses daquela região, e em ato de fé, pediam que nada pudesse machuca-los, pois estavam ali apenas de passagem e que mal algum fariam, e em sinal há isso, demonstravam o respeito, e assinalando sua passagem evocavam seu protetor para juntos fazerem a travessia, naquela época, não havia sinos, não como conhecemos, mas prendiam ossos secos em seus pés, e o som de cada passo faria com que todos os "espíritos", percebessem sua passagem na sua longa travessia, mas um aviso sempre era dito, " Não ande mais rápido que seu protetor possa", desta forma, demostravam o respeito, e suas reais intenções.



Um dos cocheiros, que era filho de índios, sempre que era necessário fazer estas grandes travessias, pendurava ossos secos em um lugar alto, para que o som se propagasse, o som destes ossos, pareciam de um sino, como tem hoje os sinos de ventos, assim, sempre passava intacto, pois todas as tribos respeitavam isso, com o passar dos anos, estes ossos foram substituídos pelos sinos metálicos, somente com a intenção de propagar mais rapidamente este "recado" aos Deuses do local, fato é verdadeiro que em todos os filmes, e até reproduções da época, sempre tem um sino nas carruagens.




No motociclismo, começou com os grandes aventureiros e suas longas viagens pelas montanhas e travessias em longos percursos, vários acidentes e mortes ocorriam, e eram divulgados em longos encontros, até que um dia, um dos integrantes resolvido a correr o risco, resolve fazer uma longa viagem pelas montanhas de Salt Lake, região montanhosa de desértica, e em seu grupo, tinha um senhor que presenteou ele com um sino pequeno, amarrou em sua moto e disse esta historia, e assim, ele foi de uma costa a outra sem nada ocorrer, ao retornar, todos queriam saber como foi a viagem, e logo ele contou todos os fatos, dizendo que a viagem foi tranquila, e que ele nunca sentiu-se sozinho, pois seu anjo da guarda o acompanhava a todo momento  e não sentia medo, apenas ouvia as músicas que eram emanadas das montanhas, e assim este gesto fora repetido e divulgado em todas as regiões, e todos os viajantes sempre presenteavam seus amigos com os sinos.

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Brough Superior SS100



A lendária marca Brough Superior, criada em 1919, na Inglaterra, apresentou nova SS100, em comemoração aos 90 anos de lançamento da original SS. Apesar de apresentar conjunto moderno, o modelo mantém linhas clássicas que fizeram a empresa ser conhecida como a "Rolls Royce" das motos.

O modelo é equipado com motor V2 de 997 cc, que rende até 140 cavalos de potência, e 12,23 kgfm de torque. Seu chassi é feito de aço e titânio, as suspensões são da marca Öhlins e os sistemas de freios contam com um quatro discos, na traseira, e dois, na dianteira.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...