quarta-feira, 9 de setembro de 2020

Fim de linha: Sportster

 

A Harley-Davidson do Brasil confirmou que a linha Sportster deixará de ser comercializada em nosso país em 2021. Composta pelos modelos Iron 883 e Iron 1200, a família continua disponível no mercado brasileiro como ano/modelo 2020 até o fim dos estoques, deixando de ser comercializada por aqui no próximo ano.

Entre as razões apontadas pela Harley-Davidson para tal decisão estão a taxa de câmbio volátil e os impactos provocados pela pandemia do coronavírus nos negócios da marca no país.

No início do ano, os modelos foram vendidos pela marca ao preço promocional de R$ 39.900 para a Iron 883 e R$ 43.900 na Iron 1200. Porém, por conta da oscilação do câmbio no Brasil, eles tiveram seus valores reajustados, com a primeira comercializada a partir de R$ 49.590 e a segunda começando em R$ 54.590, de acordo com a última tabela de preços apresentada pela montadora.

terça-feira, 1 de setembro de 2020

Primeira imagem: Harley-Davidson 338R

 A Harley-Davidson vem trabalhando em uma motocicleta de baixa cilindrada que, antes da pandemia, estava prevista para estrear no mercado asiático no segundo semestre. Mas por causa da pandemia, sua chegada pode sofrer atrasos.

Apesar disso, circula pela internet a primeira imagem da nova motocicleta, que vai se chamar HD338R. Baseada na Benelli 302S, a nova moto de baixa cilindrada da Harley-Davidson será produzida pela chinesa Qianjiang, proprietária da marca italiana, mas sob a supervisão dos engenheiros da marca norte-americana. Na imagem divulgada é possível ver que ambas compartilham itens como chassis, suspensão, rodas e freios.

A moto da Benelli utiliza um motor de 300 cm³ que entrega 38 cv de potência máxima a 11.000 rpm. A Harley-Davidson HD 338 R deve usar o mesmo propulsor, mas ele deve ser retrabalhado para entregar mais potência e se aproximar dos 338 cm³. Vale ressaltar que na época de seu anúncio, a moto de menor cilindrada da Casa de Milwaukee era chamada de HD350, dando a entender que ela estaria mais próxima das 350 cilindradas.

Como o lançamento certamente terá atrasos em virtude da pandemia, só nos resta aguardar o lançamento oficial da Harley-Davidson HD338R para saber de todos os detalhes sobre a moto de média cilindrada da Casa de Milwaukee. Você gostaria de vê-la no Brasil? Deixe sua opinião nos comentários!
Conceito apresentado na China que será base para a 338R
fonte: Motociclismoonline 

sexta-feira, 21 de agosto de 2020

Harley-Davidson Bronx um pouco mais distante...

 

Ao lado da big trail Pan America, a naked Bronx foi uma das novidades da Harley-Davidson na última edição do Salão de Milão, em novembro de 2019. Trata-se de uma moto com estilo streetfighter equipada com motor V-Twin Revolution Max, que entrega 975 cm³ e potência máxima de 115 cv.

Os modelos fazem parte dos planos da Casa de Milwaukee para atrair novos consumidores, tanto que os dois modelos haviam sido prometidos para 2020. Só que o cenário fez com que a marca mudasse seus planos, adiado a chegada da moto para o próximo ano.

Porém, há uma nova reviravolta nessa história, dessa vez envolvendo somente a Bronx. A naked não consta mais na área de novos produtos do site oficial da Harley-Davidson. Por lá, é possível ver a elétrica LiveWire em destaque, além da big trail Pan America, um possível scooter elétrico e uma nova moto customizada com visual que remete ao da Flat Tracker, modelo patenteado pela marca no primeiro semestre.

O novo CEO da Harley-Davidson, Jochen Zeitz, anunciou que o programa que prevê novos modelos seria reduzido para que a marca pudesse focar nos segmentos onde tem mais força, mas não especificou quais motos teriam seu lançamento adiado ou até mesmo cancelado.

Como a naked foi removida da parte que fala sobre os lançamentos futuros da marca, sabemos que ela não chega mais em 2021. Só nos resta aguardar para ver se a moto será lançada futuramente, ou se o projeto foi engavetado. Só o tempo nos dirá.

fonte: motociclismoonline

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...