quarta-feira, 13 de maio de 2020

Mudanças na Harley-Davidson para 2021

O ano ainda não acabou no calendário mas as fábricas já estão se mexendo para começar 2021 de uma forma diferente e menos danosa economicamente como 2020 está sendo e a notícia que chega é da Harley-Davidson que recentemente substituiu seu CEO muda totalmente os planos da companhia. 
Entre os novos planos a Harley quer diminuir sua linha cortando os modelos que não vendem o esperado, com isso, as concessionárias nos EUA já foram comunicadas sobre a saída de linha de três modelos para 2021. Softail Deluxe, Softail Breakout e a recém lançada FXDR 114. 
Vale lembrar que estas informações são válidas apenas para o  mercado Norte Americano.
 A explicação da marca como dito anteriormente leva em consideração o número de modelos vendidos no caso de Breakout e FXDR, já a Deluxe sairá por a H-D ter lançado a Heritage Classic 107 com detalhes cromados tornando-a um modelo semelhante. 

Estas notícias vieram a tona após o dono de concessionária na Califória chamado Matt Laidlaw
divulgar um vídeo no Youtybe discutindo o assunto.


segunda-feira, 11 de maio de 2020

Confederate Motorcycles: Novidades 2020

A Confederate Motorcycles anunciou novas motos ao seu catálogo 2020, sendo que duas delas, são baseadas na nova Harley-Davidson FXDR. As novas motos são: nova Hellcat, Hellcat Speedster e nova Wraith. Além delas, há ainda o modelo 2020 da F-117 Fighter, P-51 Combat Fighter e FA-13 Combat Bomber.
A nova Confederate Hellcat é a primeira de duas motos fabricadas com o motor ‘Screaming Eagle’ de Milwaukee Eight 117 da Harley-Davidson FXDR. Apresentando tanque envolto em fibra de carbono 3M, ‘spoiler’ do motor e estrutura de assento CNC Confederate esculpida em blocos sólidos de alumínio de grau militar, como a Hellcat Speedster de 2014 e 2015, a nova Hellcat Confederate é homologada para distribuição mundial.
Confederate Hellcat
A Confederate Hellcat Speedster é a segunda motocicleta confederada 2020 construída sobre o quadro Harley-Davidson FXDR. Como nossa Confederate P-51, o tanque, o braço oscilante, o garfo e o assento foram esculpidos em blocos sólidos de alumínio de classe militar, resultando em uma das motocicletas mais robustas e resistentes à fadiga possível.
Confederate Hellcat Speedster
Já a nova Confederate Wraith é totalmente esculpida em blocos sólidos de alumínio de classe militar, resultando na motocicleta mais robusta, leve e resistente à fadiga possível. A marca já está aceitando pedidos desta moto para entrega em 2021.
Confederate Wraith
Enfim, a nova Hellcat está saindo por US$ 45.000 (R$ 258.000), a Hellcat Speedster por US$ 75.000 (R$ 430.000) e a nova Wraith por US$ 155.000 (R$ 888.000).

sexta-feira, 17 de abril de 2020

RUMOR: Honda Rebel 1100


Rumores que circulam na imprensa internacional indicam que a Honda tem planos de lançar uma versão mais potente da custom Rebel. Na Europa ela é vendida com um propulsor derivado da CB 500, um bicilíndrico de 471 cm³ com refrigeração líquida e 4 válvulas por cilindro com potência de 46,2 cv a 8.500 rpm. Em outros mercados ela também está disponível com motorizações menores. 
A capa de uma revista Japonesa especializada dá
o furo, além da Rebel 1100 também aparece em
destaque a "nova" Honda CB 998F. 

 
No Japão, por exemplo, ela usa motor de 250 cm³.
Porém, de acordo com fontes internacionais, a marca da asas da liberdade estuda lançar uma versão de sua custom com o motor da Africa Twin, de dois cilindros paralelos e 1.084 cm³, capaz de entregar 102 cv a 7.500 rpm e um torque máximo de 10,7 kgf.m a 6.250 rpm.
É o mesmo usado na nova geração da big trail lançada na Europa ano passado, mas com modificações para deixá-lo com mais torque em média rotação, o que resultaria em perda de potência, que recuaria para a faixa dos 94 cv. Ela também pode ganhar um novo chassi e recursos como controle de tração em curvas, assistências eletrônicas, câmbio DCT e ABS, itens que não estão presentes na Honda Rebel 500.
Caso os rumores sejam confirmados, a nova moto da Honda deve se chamar Rebel 1100, sendo a aposta da marca para concorrer no exterior com modelos como para concorrer com Harley-Davidson Sportster 1200 e Indian Scout. 
A apresentação está prevista para o Salão de Milão, e a moto deve custar em torno de 10 mil libras, ou cerca de R$ 65.000 em conversão direta.

A Honda Rebel 500 não está no portfólio de produtos oferecidos pela marca no Brasil. Por enquanto, sua participação por aqui resume-se ao Salão Duas Rodas 2017, quando a moto foi uma das atrações do estande da Honda no evento.

segunda-feira, 6 de abril de 2020

BMW R18 2021

 
Depois da apresentação da R 18 Concept, muitos duvidaram que este projeto iria a frente e finalmente a BMW apresentou a R18, a primeira motocicleta Cruiser da marca. Com o lançamento, a BMW Motorrad, a divisão de motocicletas da montadora, finca finalmente o pé no novo segmento para competir com modelos clássicos da Harley-Davidson, Indian e Triumph. A BMW ainda não anunciou em qual faixa de preço o novo modelo será comercializado.

Sem muitas firulas, a BMW R18 se apoiou na tradição de modelos clássicos de motocicletas da própria história da montadora. Dessa forma, a primeira cruiser da marca aposta no motos como elemento principal. E que motor! O modelo de dois cilindros chamado de Big Boxer foi anunciado como o mais potente motor já construído pela BMW Motorrad para uma motocicleta de série.
Big Boxer da R18 tem 1802 cc e atinge 91 hp a 4750 rpm. Entre 2000 e 4000 rpm, mais de 150 Nm de torque ficam á disposição do piloto. O sistema de freio é a disco nas duas rodas, faróis de LED e três modos de pilotagem.

Outra novidade importante que a BMW já deixa claro é que o modelo terá versões diferentes e poderá ser Customizada com acessórios da própria fábrica, em resumo, o proprietário poderá "montar" a sua R18! Outra boa novidade é que a patente do modelo já foi registrada aqui no Brasil e isso é a confirmação de que terems o modelo por aqui futuramente. 



A INSPIRAÇÃO: BMW R5 de 1936 (dir)


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...