quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

Oficina: Rebaixador de suspensão traseira

Hoje vamos para a oficina e o assunto do dia é o rebaixamento da suspensão traseira. Tenho visto muitos interessadas nos grupos relacionados no Facebook e inúmeras soluções que algumas delas em  pode-se tornar um problema. Uma dessas "soluções" é uma espécie de alongador de metal que é instalado junto a balança, esta peça alonga o amortecedor e o deixa mais inclinado que o normal, pois bem, a moto fica visualmente baixa e bonita aos nossos olhos e é baratíssimo!!!

Existem dois aspectos a serem pensados antes de iniciar não só essa mas outras fases de customização que de certa forma devem haver um consenso, o primeiro é o bom funcionamento e garantia de segurança do conjunto/projeto e o segundo o financeiro.

Neste caso da suspensão traseira rebaixada vou citar um caso concreto que aconteceu com um dos nossos clientes. Este cliente orçou conosco um kit de amortecedores Progressive de 11" e se assustou com o preço (algo em torno de R$ 1.900). Depois disso ele viu em um grupo de "mexânicos" no Facebook um "Kit de rebaixamento" por apenas R$ 100,00 e não pensou duas vezes e instalou! com pouco mais de 4 meses este alongador simplesmente quebrou! Como não havia curso na suspensão ela se tornou praticamente uma hardtail e este alongador certamente não duraria pr muito tempo as pancadas, em resumo ele se acidentou e teve perca total com a moto.

Assim como esta existem várias outras gambiarras fabricadas nas garagens Brasil a fora prometendo soluções baratas para seu projeto que podem custar sua vida! Antes de comprar qualquer peça ou acessório certifique-se de que o mesmo é compatível com a sua moto e sua procedência/qualidade.


terça-feira, 14 de janeiro de 2020

Ford Mustang de “Bullitt” é vendido por US$ 3,4 milhões

Um dos Ford Mustang GT de 1968 usados nas filmagens de “Bullitt” (1968) foi vendido por US$ 3,4 milhões (cerca de R$ 14 milhões) na última sexta-feira (10), em um leilão realizado pela Mecum Auctions na Flórida (EUA).
Por muito tempo considerado perdido, o carro — que foi usado nas cenas mas calmas da películas, que traz uma das sequências de perseguição mais famosas da história do cinema — voltou a aparecer em público apenas em 2018, após ficar 44 anos na família do seu quarto proprietário.
Apesar de ter mudado algumas vezes de mãos desde as filmagens do longa, o Mustang nunca passou por uma restauração, trazendo a pintura (embora desgastada) original, as rodas American Racing Torque Thrust, o motor 6.4 V8 combinado a um câmbio manual de quatro marchas e até os buracos na lataria para a fixação das câmeras.

quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

MUNDO BIKER: "Getback" ou Biker Whip


Quem não lembra das franjinhas de couro nas manetes das motos na década de 90? particularmente não gosto mas tem gente que ainda usa, será que ele voltou a estar na moda? na verdade Não!  
Vocês já viram um acessório parecido um chicote colorido pendurado em motos gringas (principalmente nas Chicanas), trata-se de um "Getback" ou Biker Whip (chicote de moto).
Este acessório que leva as cores do clube e se tornaram famosos nos anos 70-80 nos EUA, além da função estética eram utilizados para atacar outros motociclistas em situações de confronto,pois tinha uma presilha de saque rápido para uso em situações de "emergência".Atualmente o "Biker Whip" está proibido em alguns estados norte americanos como a Califórnia.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...