terça-feira, 16 de julho de 2019

Easy Rider completa 50 Anos

No longa, dois amigos vão a Nova Orleans em busca da liberdade. Produção faturou mais de US$ 60 milhões em todo o mundo.
Clássico dos filmes da geração hippie, Easy Rider – “Sem Destino” tem a busca da liberdade em sua essência. Billy (papel de Dennis Hooper, que também dirige a produção) e Wyatt (Peter Fonda) deixam Los Angeles de motocicleta a caminho de Nova Orleans, no sul dos Estados Unidos. O objetivo dos dois é festejar o mardi gras, uma espécie de carnaval da região. Eles conseguem o dinheiro para realizar esse sonho depois de vender drogas.
Enquanto atravessam o país, os heróis da contracultura acabam se relacionando com pessoas tão marginalizadas quanto eles, como fazendeiros, o hippie que os leva a um acampamento e até mesmo o advogado vivido por Jack Nicholson, que tem uma boa condição financeira, mas não se identifica com a conjuntura do país. Ele acaba sendo um contraponto dos motoqueiros, já que, por muitas vezes, mostra a realidade que dificilmente vai ser mudada.
Sucesso de bilheteria
Na cruzada atrás de novos ideais, Billy e Wyatt encontram um Estados Unidos às avessas, completamente hostil, violento e preconceituoso. Easy Rider foi um enorme sucesso. Custou cerca de US$ 500 mil e faturou mais de US$ 60 milhões em todo o mundo. A forma como foi feito também revolucionou a indústria de Hollywood. Pela primeira vez, o consumo de drogas e a nudez foram tratadas de forma tão explícita. A narrativa da história também era dinâmica, o que ficava claro nas transições e até mesmo em cenas psicodélicas que tentavam representar o efeito do LSD.
Gravado em poucos meses, o filme gerou muita polêmica nos bastidores. Peter Fonda e Dennis Hooper protagonizaram inúmeras brigas. Muitos diziam que Hooper era visto constantemente bêbado e drogado, o que o deixava agressivo. O ator Rip Torn, que interpretaria o papel que ficou com Jack Nicholson, abandonou o projeto após Hooper ameaçá-lo com uma faca durante os encontros na pré-produção. O caso foi parar nos tribunais.
Depois de 45 anos de sua estreia, Easy Rider ainda consegue dar a dimensão do que foi o movimento hippie nos anos 60 e 70. O filme foi um grito de uma geração, revelando uma nova forma de ver os Estados Unidos e mostrando também que tudo tem um preço, inclusive a liberdade.
Ator e diretor Dennis Hooper gerou polêmica e protagonizou inúmeras brigas com Peter Fonda. Muitos dizem que ele era visto sempre bêbado e drogado, tornando difícil a convivência.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...